Maneiras fáceis de se manter saudável

Maneiras fáceis de se manter saudável

Imagem: Pixabay

Viver com saúde não precisa ser um martírio. Então, vou mostrar aqui como pequenas alterações
nos hábitos podem fazer uma diferença enorme, e não vão doer nada na sua rotina. Quer ver?

Exercício

Você não precisa ser “rata de academia” para manter o corpo em forma. Aliás, exercícios não são somente importantes para aumentar o metabolismo e queimar gordurinhas. Se exercitar é importante para uma série de coisas, tais como:

  • fortalecimento de ossos e músculos;
  • combate à depressão;
  • ajuda a manter as funções cognitivas;
  • reduz a ansiedade.

Esses são apenas alguns exemplos de uma lista gigante de benefícios. Com apenas cinco minutos diários dedicados aos exercícios físicos já é possível ficar muito mais saudável. No YouTube, por exemplo, você encontra várias séries curtas e fantásticas que vão te manter em forma. Dá uma olhada nesse aqui.

Sono

Noites de sono são essenciais para a saúde. Dormir entre 6 a 8 horas por dia combate a obesidade e a hipertensão, fortalece a memória, evita problemas como depressão e ansiedade, melhora o desempenho físico, controla o nível de açúcar no sangue e evita doenças cardiovasculares.

Alimentação

É importante dizer aqui que se alimentar bem é importante para manter o peso sim, mas não é apenas isso. Comidas processadas e altamente industrializadas não têm todos os nutrientes necessários para uma dieta balanceada. Além disso, a quantidade de gordura e açúcar nas “besteirinhas” aumenta o risco de diabetes e doenças cardiovasculares – além de obesidade, claro.

O problema é que muita gente não tem tempo para preparar uma comida saudável, o que, convenhamos, pode levar algumas horas. Além disso, ter sempre alimentos frescos em casa requer muitas idas ao mercado, e fazer refeições nem sempre é rápido ou fácil. Então, uma sugestão para quando você estiver sem tempo, ou sem vontade de ir a um restaurante, é pedir delivery de comida saudável. Existem várias opções maravilhosas e que vão chegar fresquinhas na sua porta.

Sol

O sol é importantíssimo para a saúde e a exposição diária, de 15 a 30 minutos, combate a osteoporose, depressão, psoríase, dermatite, vitiligo, melhora o sistema imunológico, reduz o risco de câncer, aumenta a absorção de vitamina D no corpo e evita diabetes tipo 2.
Mas não esqueça: esses 30 minutinhos devem ser pegos antes das 10 da manhã, para evitar câncer de pele.

 

Água

Beba bastante água! Além de hidratar, ela tem a importante função de eliminar toxinas do corpo, ajuda no metabolismo, protege as articulações, ajuda na absorção dos nutrientes e regula a temperatura do corpo. O recomendado é beber pelo menos 2 litros por dia. Por isso, sempre carregue uma garrafinha de com você, aonde for! Assim fica bem fácil de consumir a quantidade diária necessária.

 

 

Gostaram das dicas?

Anvisa muda regra para protetores solares

Saiu hoje a publicação da nova RDC de regulamentação dos filtros solares, seguindo a mesma linha de proteção do FDA nos EUA.

 

Informação do site da ANVISA:

 

Os produtos de proteção solar utilizados pela população brasileira ganharam novas regras para garantir a proteção da pele dos usuários. Uma das principais mudanças é que o valor mínimo do Fator de Proteção Solar (FPS) vai aumentar de 2 para 6 e a proteção contra os raios UVA terá que ser de no mínimo 1/3  do valor do FPS declarado. O FPS mede a proteção contra os raios UVB, já o FP UVA mede a proteção contra os raios UVA. Para tais comprovações, as metodologias aceitas pela Anvisa foram atualizadas  e foi estabelecida uma metodologia específica para a comprovação contra raios UVA, que, até então, não estava definida.

A resolução RDC 30/12, publicada nesta segunda-feira (4/6) pela Anvisa, também aumenta os níveis dos testes exigidos para comprovar a eficácia do protetor. Pela norma, alegações, como resistência à água, terão que ser comprovadas por metodologias específicas definidas no novo regulamento. Os fabricantes poderão indicar em seus rótulos as expressões “Resistente à água”, ” Muito Resistente à água”, “Resistente à Água/suor” ou “Resistente à Água/transpiração”, desde que comprovem essa característica.

O rótulo dos protetores solares terá mudança ainda em suas informações obrigatórias. A orientação sobre a necessidade de reaplicação será obrigatória para todos os produtos, mesmo aqueles mais resistentes à água. Além disso, fica vedada qualquer alegação de 100% de proteção contra as radiações solares ou a indicação de que o produto não precisa ser reaplicado.

O prazo de adequações dos fabricantes à norma é de dois anos. A nova regra segue os novos parâmetros para protetores solares adotados em todo o Mercosul.

 

Eu gostei bastante. Isso mostra que a ANVISA está preocupada em manter a população prevenida contra os danos dos raios solares, melhorando o controle dos filtros disponíveis no mercado.

 

O que vocês acham?

Como tratar queimaduras solares

Muitas vezes, por mais cuidado que tomamos, alguma parte do nosso corpo acaba com uma queimadura de sol – meu ponto fraco é o couro cabeludo, mas sempre uma parte ou outra tem menos filtro solar e acaba queimada. Como tratar essas dolorosas queimaduras?

A primeira dica é o que não fazer: nunca passe pasta de dente ou produtos estranhos na pele queimada – a sensação de frescor mascara os componentes irritantes destes produtos, que podem até lesionar a pele e piorar a queimadura.

Como a pele queimada pelo sol fica muito desidratada, o ideal é sempre passar um creme hidratante a base de uréia no local (por exemplo, diversos cremes pós sol), para manter a hidratação. Caso a dor seja muito intensa, pode ser usado também um creme/pomada com

um princípio ativo anti-inflamatório, que diminuirá o ardor e a vermelhidão do local. A utilização de cremes com Aloe Vera e Calêndula também

ajuda a amenizar o desconforto.

Para os casos mais graves, onde há o aparecimento de bolhas, é aconselhável procurar um médico – deverá ser realizado um tratamento mais específico. As bolhas podem ser estouradas, mas com uma agulha esterelizada! Não retire a pele que cobre a bolha, para não facilitar o aparecimento de infecções.

Para evitar que a pele fique manchada, abuse dos hidratantes, e nunca arranque a pele que começou a descascar! Esfoliações suaves podem ser realizadas, para melhorar o aspecto da pele, mas sempre hidratando bem!

O sol não fica totalmente proibido após a queimadura, mas claro: redobre a proteção! Muito filtro solar, camiseta e chapéu!