Pigmentos Dailus Pro 06, 08 e 28 – Resenha

Hoje vou falar de uma marca que é queridinha de muitas, e de um produto muito legal: os Pigmentos Dailus Pro! Vocês conhecem?

pigdailus

O que diz a marca?

Pigmentos para serem utilizados em qualquer parte do rosto. Indicados para pálpebras, maçãs do rosto e lábios.

O que eu achei?

Eu tenho 3 cores: 06, 08 e 28. Todos vem em uma embalagem de 1,5g, o que é muito produto!

Pigmentos Dailus Pro 06, 08 e 28 - Resenha

Começando pela embalagem, ela é compacta mas pode ser um pouco difícil de utilizar, por ser pequena. Eu costumo pegar uma pequena quantidade do pigmento e colocar em cima da minha plaquinha de maquiagem, para facilitar o trabalho. Se você não tem uma, pode colocar em cima de um guardanapo que ajuda bastante!

Eu gosto muito desse tipo de produto para finalizar uma maquiagem, sabe? Ele pode ser usado seco ou molhado e traz um brilho e acabamento lindos para a make. Só não recomendo que sejam esfumados, pois como são muito fininhos o brilho acaba se perdendo.

Os Pigmentos Dailus Pro são excelentes, com pigmentação e cores lindas! Por ser um pó bem fininho e leve, eles precisam de uma base pra aderir. Eu costumo usar um paint por da MAC ou uma base de pigmentos, que algumas marcas tem.

As cores que recebi:

06 – um branco cristal clarinho lindo pra iluminar o cantinho interno

08 – amarelo puxado para o dourado com brilho mais cristal

28 – marrom com fundo verde, lindo demais! (mas muito difícil de aparecer na foto)

Pigmentos Dailus Pro 06, 08 e 28 - Resenha

Quando uso, sempre todo o máximo de cuidado pra retirar o excesso do pincel, pois esse tipo de produto costuma sujar a cara durante a maquiagem. Até mesmo por isso, gosto de fazer primeiro os olhos e depois o rosto, assim já limpo qualquer sujeira de pigmento que cair.

O preço deles também é muito bom! Achei a venda entre R$25 – R$15 (estão em promoção na Netfarma). Dá pra investir e comprar várias cores!

Super Aprovado!

E vocês, usam pigmentos? Gostam desse tipo de produto?

14 comments

Deixe uma resposta